-

+

Serviços terceirizados: como contratar para o Condomínio?

Contratar serviços terceirizados para o Condomínio pode ser uma tarefa árdua para os(as) Síndicos(as). Qual empresa contratar, como conseguir indicação e o que avaliar antes de fechar contrato são apenas alguns exemplos do quanto essa decisão pode ser complexa.

 

Pensando nisso, preparei esse conteúdo com minha especialista no assunto, a Rosane Diaz (Gestão Total – Auxiliadora). Junto com ela, vamos avaliar o que consta na Legislação e as principais dúvidas relacionadas ao serviço terceirizado – tudo com informações tiradas direto de quem conhece muito bem o tema. Vamos lá?

 

1 – O que a Legislação diz sobre a contratação de serviços terceirizados?

 

A terceirização é a contratação de uma outra empresa para que ela realize determinadas tarefas para a sua (no caso, o Condomínio). É dever da contratada admitir, orientar, fiscalizar e assalariar a equipe. Porém, é compromisso da empresa que contrata ser responsável pelas obrigações trabalhistas referentes ao período em que ocorrer a prestação de serviços.

 

Basicamente, você procura por uma equipe de fora para realizar trabalhos diários no Condomínio, entendendo que a empresa se responsabilizará pelos pagamentos dos funcionários(as). Porém, assim como qualquer atividade trabalhista, o serviço terceirizado também é regulamentado pela Lei. Por isso, é de responsabilidade do Condomínio que o contrato garanta as condições de segurança, higiene, salubridade e outros direitos que são essenciais para o dia a dia de trabalho. Para conferir todos eles, separei um link para acesso à lei correspondente no Código Civil. Assim, você fica por dentro de tudo que é importante no mundo da Legislação.

 

2 – Como contratar serviços terceirizados para o meu Condomínio?

 

Agora que você entendeu um pouco mais sobre serviços terceirizados, vamos para a prática? Separei logo abaixo algumas dicas que você deve levar em consideração antes de contratar. Olha só:

 

  • Busque referências em outros Condomínios: assim você procura por nomes que já têm credibilidade no mercado.
  • Busque referências com a sua Administradora: eu e minha equipe, por exemplo, sempre verificamos a idoneidade da empresa antes de indicar aos clientes;
  • Procure por históricos de reclamações trabalhistas: para se proteger no futuro;
  • Busque por reclamações no Reclame Aqui: isso também podem ajudar a entender a confiabilidade da empresa.
  • Verifique se os impostos estão em dia, assim você também conhecerá melhor a empresa que irá contratar.

 

Outro ponto importante é entender quais cargos você pode terceirizar. Para ajudar, trouxemos uma lista com os mais utilizados dentro do Condomínio. Veja abaixo:

 

  • Portaria;
  • Vigilância;
  • Limpeza;
  • Zeladoria;
  • Manutenção
  • Gestor(a) Condominial.

 

Após a contratação, o trabalho também não para, certo? Ainda mais quando se trata de relações com o público. Pensando nisso, trouxe outro texto de blog que pode ajudar caso decida por contratar uma empresa. Lá eu falo sobre as relações entre Moradores e Funcionários(as), inclusive os terceirizados. Vale a pena conferir.

 

3 – O que mudou durante o isolamento social na contratação de serviços terceirizados?

 

Nos dias que vivemos, parece que tudo está diferente, não é? Nosso jeito de Morar com certeza se transformou. Quanto às contratações de serviços terceirizados em Condomínio, o processo também mudou um pouco. Agora, é importante que a empresa terceirizada seja cobrada e forneça EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) para seus funcionários(as), visando a contenção do Covid-19 e a proteção contra à doença.

 

Além disso, também é importante que a contratada substitua colaboradores em grupo de risco ou em isolamento por suspeita de contaminação. Todas essas atitudes são essenciais para que o Condomínio se mantenha seguro e seus Moradores(as) saudáveis.

 

4 – A terceirização é uma boa escolha para o Condomínio?

 

Por fim, cheguei a pergunta de ouro do meu artigo: vale a pena investir em serviços terceirizados? Isso depende bastante da situação, mas escolher terceirizar a mão de obra pode ser uma opção tanto econômica como segura para seu Condomínio. Com ela, você transfere a responsabilidade para a empresa contratada, desde que previsto em contrato.

 

Porém, também é bom lembrar que, geralmente, o custo da empresa terceirizada é mais alto em função dos impostos e benefícios que cada uma oferece. A vantagem é que o Condomínio se mantém isento das reclamatórias trabalhistas e das responsabilidades em caso de acidentes de trabalho e afastamentos de equipe.

 

Gestão de Condomínio eficiente.

 

Aqui no texto de hoje, eu vi junto com você algumas decisões que facilitam a Gestão Condominial. Agora, se quiser ver outras dicas para um mandato eficiente, veja mais neste artigo que separei para você:

 

O que fazer para ter uma gestão eficiente no Condomínio.

 

Confira mais conteúdos no meu blog

 

Além dos assuntos que abordei aqui, também falo sobre inúmeros outros em meu blog. Dá uma espiada em alguns exemplos que trouxe abaixo. Eles também podem ajudar no seu dia a dia na Gestão Condominial.

 

 

Tags

Posts relacionados

Comentários