-

+

Segurança do Condomínio: Dicas para a portaria

A segurança é fator fundamental em qualquer lugar. O mesmo vale para o Condomínio. E nesse espaço onde vive muita gente, a chave para manter um ambiente seguro pode estar logo na entrada: a portaria.

É por ali que entram e saem todos que têm acesso ao local. Moradores(as), funcionários(as), prestadores de serviço, etc. Mas esse mesmo acesso pode ser o atalho para pessoas mal intencionadas e invasões.

Muitas dessas entradas mal intencionadas acabam ocorrendo pela falta de treinamento dos vigilantes. Situação que pode colocar toda a comunidade Condominial em risco. Por isso, as portarias e profissionais de segurança precisam estar sempre um passo à frente da criminalidade.

Eles precisam da instrução correta sobre todas as medidas de segurança que possam prevenir ou ser adotadas em situações de invasões.

Sem deixar de lado a boa capacitação destes profissionais, tentaremos ajudar as equipes com algumas dicas que podem ser muito úteis e bem aplicadas no dia a dia das guaritas, equipes de seguranças e vigilantes do Condomínio.

Permitir o acesso apenas com autorização

 

 

Nas notícias de hoje podemos encontrar diversos relatos de invasões a Condomínios de criminosos que se valem dos mais variados disfarces para conseguir acesso ao local. Independente do tipo de roupa que o visitante esteja usando, seja uniforme de empresa ou qualquer outro tipo de vestimenta, a porta só pode ser aberta caso exista a autorização do(a) Morador(a).

E isso deve funcionar mesmo que tal pessoa já tenha estado outras vezes no local. É uma maneira de prevenir o Condomínio de riscos.

Não dar informações aos desconhecidos

 

 

Em muitos Condomínios, os vigilantes ou porteiros conhecem as rotinas e horários dos(as) Moradores(as). Sabem as horas de saída para o trabalho e também o momento em que retornam. Porém, essa informação não pode ser repassada para estranhos.

Mesmo que seja um motivo importante, os horários e rotinas de quem vive no Condomínio precisa ser preservado.

Cadastro de empresas

 

 

Esta dica é prática, funcional e promove bastante segurança ao ambiente. E o melhor , é bem simples de ser aplicada. Um cadastro das empresas, fornecedores e prestadores de serviço, além de manter o local seguro, organiza a entrada destes funcionários.

Esse cuidado faz com que esses visitantes sejam monitorados e também facilita a circulação nas áreas comuns do Condomínio. É importante, porém, entrar em contato com as empresas parceiras, explicar essa política de segurança, e obter os dados dos responsáveis por cada serviço.

Não permitir a entrada de entregadores

 

 

Seguindo a linha de pensamento acima, se os entregadores não fazem parte de um cadastro do Condomínio, precisam ficar do lado de fora. Essas pessoas circulando livremente pelo local pode representar um risco que comprometa a segurança de todos os(as) Moradores(as).

Infelizmente, o serviço de entrega pode ser somente um disfarce para realizar furtos e assaltos, ou ainda acompanhar a rotina do Condomínio e dos(as) Moradores(as). Para não causar problemas graves, as entregas devem ficar temporariamente na portaria ou em algum local adequado até o(a) Morador(a) ir buscar sua encomenda. Alguns Condomínios atribuem a um funcionário a entrega dessas encomendas.

Não aceitar chaves dos(as) Moradores(as)

 

 

Muitos porteiros e vigilantes, pelo convívio, acabam fazendo amizade com os(as) Moradores(as). E isso é muito bom! Porém, mesmo nesses casos, aceitar guardar a chave das unidades ou de automóveis, é um risco que deve ser evitado.

Por mais que exista a confiança entre ambas as partes, essa prática pode trazer transtornos como o extravio ou o furto por terceiros.

Estar atento ao que acontece na rua

 

 

 

Os porteiros estão no Condomínio para ter o controle de tudo o que acontece entre os muros do local. Mas, ao mesmo tempo, é importante ficar atento às movimentações externas. Principalmente se os funcionários do Condomínio estão realizando algum serviços em locais mais expostos.

Isso possibilita estar alerta a situações suspeitas, dando a oportunidade de agir antecipadamente antes que ocorra alguma consequência mais grave.

Participação de Moradores(as)

 

 

A participação dos(as) Moradores(as) é fundamental para contribuir com a segurança predial. Eles podem ajudar conhecendo as normas de segurança, bem como adotando atitudes preventivas, como fechar o portão de maneira adequada, não deixar estranhos acessarem o Condomínio, etc.

Uma maneira de obter este engajamento é espalhar informação pelo Condomínio, solicitando cuidado com as questões mais importantes. Também pode o Síndico oferecer palestras, reuniões e treinamentos aos(às) Moradores(as) para que possam contribuir com um convívio seguro no local.

Com essas práticas, somente pessoas autorizadas poderão circular pelo Condomínio. Isso diminuiu drasticamente o risco de exposição e promove um ambiente mas agradável e seguro para todos.

Posts relacionados

Conflitos Dia a dia

29/01/2020

Manual de etiqueta para bom convívio no Condomínio

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem. Porém, é o tipo de coisa que poderia ser evitada com algumas simples atitudes. Mas será que existe algum manual de “etiqueta” para o convívio Condominial? A resposta pode ser ambígua, mas o que estabelece essa etiqueta é o bom senso. Algumas regras do Condomínio podem ajudar bastante […]

0

Assembleia Dia a dia

17/01/2020

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção do Condomínio? Para ficar claro, ela funciona como se fosse a Constituição do local. A Convenção reúne as normas básicas para orientar um convívio social harmonioso bem como as regras de administração Condominial. É um documento que orienta como será a gestão do(a) Síndico(a) e organiza a vida […]

0

Dia a dia

06/01/2020

Questões legais sobre o fornecimento de gás no Condomínio

Uma facilidade que necessita de atenção extra Ao passo que simplifica o dia a dia dos(as) Moradores(as) de Condomínios, o fornecimento de gás precisa estar sempre em perfeito funcionamento, com inspeções frequentes nas tubulações, para garantir a segurança de todos. O sistema de gás sofre desgaste com o passar do tempo. “Há equipamentos que têm […]

0

Conflitos +

2 meses atrás

Manual de etiqueta para bom convívio ...

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem....

Assembleia +

3 meses atrás

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção...

Dia a dia

3 meses atrás

Questões legais sobre o fornecimento ...

Uma facilidade que necessita de atenção extra...

Comentários