-

+

Síndico líder: um perfil que pode transformar o Condomínio

Entender os segredos da arte de liderar é algo que faz parte do dia a dia de qualquer Síndico(a). O(a) Gestor(a) descobre isso já nos primeiros momentos de seu mandato, quando deve conduzir a sua gestão atendendo aos princípios legais do Condomínio e também às atribuições do seu cargo. Líder, é claro, mas nunca sem esquecer que foi eleito para administrar o patrimônio de muitas pessoas.

Essa é uma função em que é necessário estar sempre de prontidão, encontrando soluções precisas e de maneira rápida. Como saber que a decisão escolhida foi a ideal? Com o tempo, a carga de experiências adquiridas nas rotinas Condominiais é um recurso confiável na hora de decidir. Essa expertise facilitará encontrar caminhos com ótimos resultados.

O(a) Gestor(a) não precisa ter o pleno domínio ou conhecimento específico de todas as áreas que fazem parte da Administração Condominial. Mas é crucial que saiba escolher a sua assessoria, para tomar as decisões baseadas em questões técnicas.

Mas naquilo que diz respeito direto à sua função, ser um líder firme e coerente vai oportunizar uma boa gestão, trazendo para si a confiança dos(as) Moradores(as), funcionários e todos que convivem no Condomínio.

Alguns líderes entendem que a liderança é ganhar o respeito a partir de um título, poder ou mesmo intimidação. Porém aqueles que são bem sucedidos motivam suas equipes. Incentivam todos a colocarem suas opiniões em pauta e promovem um ambiente saudável no Condomínio. O bom administrador traz segurança para os funcionários, prestadores de serviço e principalmente para os(as) Moradores(as).

Um dos pontos fortes do líder é a habilidade em tomar as decisões. Essa é uma qualidade imprescindível para gerir, cobrar e manter tudo organizado. É o caso de colocar em prática o planejamento, com manutenção e questões administrativas, sem deixar de lado as responsabilidades inerentes à função.

Em uma função de liderança, a comunicação precisa ser completamente clara. O líder precisa notificar suas equipes e transmitir a todos quando ou como devem ser feitas melhorias, quais são as prioridades, etc. Este tipo de decisão nunca deve ficar a cargo de quem somente executa a tarefa. Pois, sem uma gestão ou planejamento, o risco de encontrar transtornos é sempre maior.

Quando todos pensam juntos, a solução normalmente chega mais rápido. E incentivar todos a refletirem sobre determinado tema dará ao(à) Síndico(a) o conhecimento das características e habilidades de cada um dos funcionários.
Em muitos Condomínios, é difícil de conhecer toda a estrutura no que diz respeito a manutenção. Portanto, com apoio do funcionário certo, as melhores ações podem ser implementadas. Até porque um reparo simples é muito mais barato do que a necessidade de uma reforma.

Como líder, o(a) Síndico(a) não pode esquecer de que é uma referência para os demais funcionários da equipe. E esse atributo faz com que suas ações sirvam de exemplo, ensinando, educando e incentivando o restante do grupo.

O reconhecimento do trabalho é fundamental. E, mesmo que os resultados não sejam aqueles esperados, recompensar o time por todo o trabalho é um grande incentivo aos funcionários. É até uma maneira de dar um retorno sobre os serviços da equipe e também dos prestadores, para que entendam a importância de seus trabalhos e sintam-se fazendo parte da equipe.

Estar sempre atualizado, aprendendo novos conceitos são algumas questões que não devem ficar de fora da gestão de um(a) Síndico(a). Como líder, deve entender que fazer perguntas e pedir conselhos pode ser a diferença entre desenvolver uma boa atividade ou ficar devendo soluções ao Condomínio.

Uma parte que todos os líderes de sucesso enfrentam é a superação de desafios. Eles encararam os obstáculos sem medo, avaliando as possíveis soluções para cada caso. Jamais evitam situações complicadas, mas tem cada nova superação como um conhecimento a mais adquirido.

Um ambiente de trabalho saudável, onde todos podem colocar em prática o seu melhor, é inspirador para os funcionários. Principalmente quando o(a) Gestor(a) tem a empatia com a equipe, motivando funcionários e prestadores com uma atmosfera agradável.

Sua função é muito clara, e estar na defensiva o tempo todo pode causar uma má impressão. É preciso entender que seu próprio sucesso está completamente relacionado ao sucesso dos outros. Por isso, desenvolver um bom relacionamento com os funcionários, Moradores(as) e prestadores de serviços pode ser uma das chaves para criar um ambiente excelente de trabalho.

Um(a) Síndico(a) precisa trazer um perfil transparente em sua gestão. Como líder, tem como responsabilidade deixar sempre claras as informações relacionadas às finanças. Precisa essa transparência no seu gerenciamento, deixando aos(às) Moradores(as) todas as informações relacionadas a administração financeira e prestação de contas. Agindo assim, estará conquistando a confiança e o apoio de todos, promovendo satisfação e também um bom convívio no Condomínio.

Ser líder é algo tipo um dom. Quem é, não está nessa posição pelo poder, mas sim por saber tudo que pode fazer de positivo sobre aqueles que lidera. No caso do(a) Síndico(a), é ter a consciência de que é responsável pelo patrimônio de muitas pessoas que o elegeram para fazer o melhor em sua função.

E hoje é um dia muito importante. 30 de novembro é a data para representar todos(as) estes(as) líderes que, de uma maneira ou outra, colocam muito de seus esforços em promover o bem-estar de muitas pessoas.

É o Dia do Síndico, uma celebração necessária, para chamar a atenção a importância de cada gestor ou gestora condominial, que com muita dedicação, respeito, gentileza e amor ao que faz, consegue fazer de cada Condomínio um local maravilhoso para viver.

Aos Síndicos e Síndicas de todo o Brasil, os nossos parabéns!

Posts relacionados

Conflitos Dia a dia

29/01/2020

Manual de etiqueta para bom convívio no Condomínio

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem. Porém, é o tipo de coisa que poderia ser evitada com algumas simples atitudes. Mas será que existe algum manual de “etiqueta” para o convívio Condominial? A resposta pode ser ambígua, mas o que estabelece essa etiqueta é o bom senso. Algumas regras do Condomínio podem ajudar bastante […]

0

Assembleia Dia a dia

17/01/2020

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção do Condomínio? Para ficar claro, ela funciona como se fosse a Constituição do local. A Convenção reúne as normas básicas para orientar um convívio social harmonioso bem como as regras de administração Condominial. É um documento que orienta como será a gestão do(a) Síndico(a) e organiza a vida […]

0

Dia a dia Segurança Condominal

14/01/2020

Segurança do Condomínio: Dicas para a portaria

A segurança é fator fundamental em qualquer lugar. O mesmo vale para o Condomínio. E nesse espaço onde vive muita gente, a chave para manter um ambiente seguro pode estar logo na entrada: a portaria. É por ali que entram e saem todos que têm acesso ao local. Moradores(as), funcionários(as), prestadores de serviço, etc. Mas […]

0

Conflitos

8 meses atrás

Manual de etiqueta para bom convívio ...

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem....

Assembleia

8 meses atrás

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção...

Dia a dia

9 meses atrás

Segurança do Condomínio: Dicas para a...

A segurança é fator fundamental em qualquer...

Comentários