-

+

O consumo de água consciente no Condomínio

Todo mundo sabe, mas não custa relembrar: A água é o elemento mais importante para a nossa vida. Não só para nós, mas para todos os seres vivos do planeta. O próprio planeta é 75% composto por água. Dessa totalidade, apenas 3% é de água potável. Para manter o recurso disponível, não há outro meio, apenas usá-lo de forma consciente. Isso também deve ocorrer no Condomínio.

Usar válvula da descarga de maneira incorreta, escovar os dentes e lavar a louça com a torneira aberta, demorar muito tempo no chuveiro, usar água em áreas externas com muita frequência, irrigar o jardim ou lavar o carro com uma quantidade indeterminada fazem parte de algumas das práticas que levam ao desperdício.

Além do prejuízo que o consumo de água exagerado pode causar para o meio ambiente, há também uma grande despesa quando falamos desta realidade dentro de um Condomínio. Até porque a taxa de água é uma das contas mais pesadas do do prédio.

Sob esta perspectiva, muitos(as) Síndicos(as) estão em alerta e promovem campanhas que têm o objetivo de conscientizar os(as) Moradores(as) sobre o uso racional da água, buscando também reduzir o valor da conta. E é uma atitude completamente inteligente!

Economizando água no Condomínio

 

 

Há bastante espaço para melhorias no padrão de consumo de água dos Condomínios que podem evitar o desperdício. Algumas dicas para economizar água no Condomínio. Confira:

Conscientizar

Como falamos antes, esta deve ser uma das primeiras medidas do Síndico em relação aos(às) Moradores(as) e funcionários. A redução no desperdício de água está ligada a uma mudança de comportamento. Essa nova atitude pode ser atingida a partir de campanhas, mobilizações e informativos, promovendo ideias de como a água deve ser utilizada.

É possível também levar o assunto para Assembleia, propondo discussões que informem e conscientizem todos os(as) Moradores(as). Os cartazes também servem como um excelente suporte. Eles podem conter sugestões do tipo “tome banhos rápidos”, ou “manter a torneira fechada enquanto se escova os dentes ou ensaboa a louça”. São pequenos detalhes, mas que podem influenciar muito na economia do Condomínio.

Inspeção detalhada

Vazamentos são grandes vilões do desperdício de água. Portanto, estes possíveis pontos de perda de água devem ser encontrados e reparados. E isso deve começar com uma vistoria técnica, tanto nas áreas comuns do Condomínio como nas unidades, fiscalizando tubulações, caixas e outros pontos hidráulicos.

Essa análise das condições da estrutura deve ser realizada de tempos em tempos, para garantir que não ocorreram mudanças. A preocupação constante com a correção de possíveis vazamentos também será uma maneira de conscientizar os(as) Moradores(as) sobre a necessidade de evitar o desperdício.

Tecnologia

Hoje há algumas ferramentas modernas que ajudam a controlar o desperdício. Existe a possibilidade de instalar redutores de pressão e temporizadores em chuveiros e torneiras, para diminuir o consumo de água.

Esses mesmos sistemas também podem ser instalados nas áreas comuns do Condomínio. Isso pode até servir como incentivo aos demais Moradores(as), pois é nestes espaços que ocorre a maior circulação de pessoas. Instalar estes dispositivos é uma medida simples, mas que oferece um bom resultado na diminuição dos gastos.

Medidores individuais

 

O(a) Síndico(a) pode iniciar propondo, em reuniões de Condomínio, a troca da conta de água coletiva por aquela de medidores individuais. Infelizmente, a coletividade é uma das causas que faz com que os(as) Moradores(as) utilizem a água de forma incorreta, pois não têm noção de quanto gastam. Neste modelo, a conta normalmente está inclusa nas despesas de Condomínio.

Com medidores individuais, cada Morador(a) irá pagar por aquilo que consumir. Os hidrômetros individuais permitem que os(as) Moradores(as) vejam os reflexos do seu consumo de água, afetando o seu próprio bolso e, dessa forma, facilitando a conscientização.

Isso deixará bem claro o quanto é gasto de água nos lares. E também facilita uma avaliação mais clara do quanto é realmente necessário e o quanto é desperdício. Isso desperta o senso de economia, o que pode realizar uma redução significativa no consumo de água.

Captação da água da chuva

 

O reuso de água também deve ser levado em consideração. Nesse sistema, a água pode ser captada da chuva e utilizada para outros fins. O reaproveitamento de água pode servir para as descargas de banheiros comuns, limpeza de paredes e pisos, até a irrigação de jardins e gramados.

A captação e reaproveitamento da água em Condomínio é algo muito mais simples do que parece. Muitos até já contam com reservatórios, porém bombeiam a água captada para rua.
Com este sistema, ao invés de “botar fora” a água, ela é destinada para outras áreas através de um novo encanamento.

A economia proporcionada por este tipo de sistema chega a ser entre 20 e 30% para as áreas comuns ou externas do Condomínio.

Adotar práticas que promovam o uso consciente da água farão uma diferença no orçamento do Condomínio e dos(as) Moradores(as). Além disso, influenciarão no desenvolvimento de uma sociedade mais consciente, que entende os impactos que o consumo de água exagerado causará nas futuras gerações.

Posts relacionados

Conflitos Dia a dia

29/01/2020

Manual de etiqueta para bom convívio no Condomínio

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem. Porém, é o tipo de coisa que poderia ser evitada com algumas simples atitudes. Mas será que existe algum manual de “etiqueta” para o convívio Condominial? A resposta pode ser ambígua, mas o que estabelece essa etiqueta é o bom senso. Algumas regras do Condomínio podem ajudar bastante […]

0

Assembleia Dia a dia

17/01/2020

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção do Condomínio? Para ficar claro, ela funciona como se fosse a Constituição do local. A Convenção reúne as normas básicas para orientar um convívio social harmonioso bem como as regras de administração Condominial. É um documento que orienta como será a gestão do(a) Síndico(a) e organiza a vida […]

0

Dia a dia Segurança Condominal

14/01/2020

Segurança do Condomínio: Dicas para a portaria

A segurança é fator fundamental em qualquer lugar. O mesmo vale para o Condomínio. E nesse espaço onde vive muita gente, a chave para manter um ambiente seguro pode estar logo na entrada: a portaria. É por ali que entram e saem todos que têm acesso ao local. Moradores(as), funcionários(as), prestadores de serviço, etc. Mas […]

0

Conflitos +

4 semanas atrás

Manual de etiqueta para bom convívio ...

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem....

Assembleia +

1 mês atrás

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção...

Dia a dia +

1 mês atrás

Segurança do Condomínio: Dicas para a...

A segurança é fator fundamental em qualquer...

Comentários