-

+

O que faz o zelador do seu Condomínio?

Uma participação indispensável nas rotinas do Condomínio. Ele é que fiscaliza, organiza e dá um jeito para que tudo ocorra conforme o planejado no dia a dia da vida Condominial. O zelador é peça chave na gestão de qualquer empreendimento, seja residencial ou comercial.

Muitas vezes discreto, e sempre cheio de trabalho, o zelador é o contato direto com o Síndico e demais funcionários. Com diversas atribuições, na portaria, nas áreas comuns ou em qualquer outro espaço do Condomínio, é ele quem auxilia o gestor em questões administrativas, bem como encontra diversas soluções para os desafios diários da vida condominial.

Por ser um funcionário muito importante no empreendimento, sua função exige muita dedicação, conhecimento, tempo e respeito.

São responsabilidades que passam desde a entrega de correspondência, inspecionar o funcionamento dos sistemas hidráulicos, elétricos, além de fiscalizar outros funcionários, sem esquecer de que seja cumprido tudo o que está no regimento interno. É o tipo de coisa que cria uma atmosfera agradável e tranquila para todos os Moradores do Condomínio.

O que faz o Zelador?

 

 

Muitos Síndicos e Moradores ainda não tem muito claro quais são as reais atribuições do zelador. Será que é ele o profissional que pode consertar problemas hidráulicos? Reparar falhas na rede elétrica? Limpar a piscina?

O próprio termo utilizado para conceituar o profissional pode causar uma certa ambiguidade. Pois “zelar” pode abranger as questões referidas anteriormente e muito mais coisas.

Os gestores precisam estar atentos às limitações legais da função do zelador. Além do bom senso, é muito importante que suas atividades estejam especificadas no contrato de trabalho.

Aqui o bom senso vale para não sobrecarregar o profissional, fomentando sua atuação em atividades que não condizem com o seu cargo. Muitas vezes, o zelador acaba sendo solicitado para realizar obras, reparos ou serviços fora de seu escopo. Algumas ocasiões, ele acaba até sendo solicitado para prestar serviços particulares para Moradores do Condomínio. Mas esta prática não deve ser permitida.

Quando pode ser acionado o zelador

 

 

Para deixar claro quais funções são inerentes ao cargo de zelador, segue uma lista com algumas das principais atividades deste profissional no Condomínio

Manutenção Condominial

 

A atuação do Zelador parte do princípio que ele deve zelar pela manutenção do Condomínio. Portanto é comum vermos ele realizando tarefas como:

  • Fiscalização do uso de áreas comuns por Moradores e visitantes.
  • Inspecionar o funcionamento de equipamentos, aparelhos de uso comum, redes elétricas, hidráulicas, etc.
  • Promover o bom convívio observando as normas do regimento interno e convenção do condomínio.

Funcionários

 

 

O zelador pode ser de grande auxílio ao Síndico quando consegue organizar e gerenciar as equipes de funcionários que atuam no Condomínio. Nesta atividade de coordenação, o profissional pode

  • Fiscalizar o trabalho das equipes
  • Distribuir as tarefas de limpeza
  • Treinar novos funcionários
  • Informar ao Síndico ou administradora qualquer problema que ocorra no setor
  • Ser exemplo de postura e comprometimento com o trabalho para os outros empregados
  • Controlar os horários de entrada e saída dos outros funcionários, assim como os cartões de ponto.
  • Junto ao Síndico, ajudar a montar escala de folgas e férias dos outros profissionais do Condomínio

Supervisão de obras

 

 

Acompanhar as obras, benfeitorias e reparos que ocorrem dentro do Condomínio é uma das responsabilidades do zelador. Quando este tipo de situação está acontecendo, é correto vê-lo:

  • Acompanhar serviços de reparos e manutenção das áreas comuns
  • Informar ao Síndico imprevistos durante os trabalhos
  • Ser informado da necessidade de algum Morador em fazer obras que possam interferir na rotina do Condomínio.
  • Na recepção, auxiliando a portaria no cadastramento das equipes contratadas para os serviços.

Auxílio aos Moradores(as)

 

 

Para não ficar dúvidas, aqui segue o esclarecimento de uma das funções do zelador. Ele tem como responsabilidade dar o suporte necessário aos Moradores do Condomínio.

  • Ele precisa orientar os moradores sobre problemas estruturais que possam surgir nas unidades, como vazamentos, por exemplo.
  • Deve alertar os Moradores sobre as regras de segurança e notificá-los quando estas não estiverem sendo seguidas.
  • Precisa de algum conhecimento para perceber possíveis problemas e lidar com prestadores de serviço.
  • Informar ao Síndico sobre as reclamações ou sugestões do Moradores.

Passando dos limites

 

 

Acúmulo de função é relacionado a remuneração daqueles funcionários que empregam mais de uma atividade em seu cargo. É possível que o colaborador exerça mais de uma função no trabalho, desde que autorizado pelo empregador. Além disso, o funcionário que exercer uma cumulativa e habitualmente outra função, terá direito ao percentual de adicional correspondente a 20% (vinte por cento) do seu respectivo salário contratual, no mínimo.

Uma questão que preocupa bastante os gestores Condominiais são possíveis ações judiciais de zeladores ao serem dispensados do trabalho. Muitas vezes, o profissional entra na justiça alegando acúmulo de função. Essa condição se dá mais quando o zelador fica na zelador, em horários de almoço do porteiro, ou ainda quando realiza reparos hidráulicos, elétricos, limpa a piscina, ou é acionado para realizar tarefas que necessitem de conhecimento técnico específico.

Nestes casos, não há um consenso definido. Normalmente a justiça favorece aquele lado que consegue juntar as melhores provas. Para provar acúmulo de função é necessário mostrar que o zelador estava sempre sobrecarregado com as funções que não faziam parte do seu contrato, como os exemplos citados antes.

O zelador é um grande parceiro do síndico e da administradora, conhece todas as rotinas e manutenções periódicas e necessárias do prédio. Entretanto, na hora dos reparos e trabalhos, não deve ser negligenciado a este profissional a necessidade de Equipamentos de Proteção Individual.

Os zeladores devem ser cobrados pelo Síndico para a utilização correta e segura dos EPI’s. Eles não devem executar tarefas de manutenção ou execução de serviços que exijam conhecimento técnico e coloquem em risco sua segurança pessoal.

Além disso, motivar o profissional é sempre uma ótima ideia. Por que não investir em cursos, treinamentos e qualificações? Quanto mais competente e capacitado este profissional for, melhor serão os resultados no Condomínio.

Posts relacionados

Conflitos Dia a dia

29/01/2020

Manual de etiqueta para bom convívio no Condomínio

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem. Porém, é o tipo de coisa que poderia ser evitada com algumas simples atitudes. Mas será que existe algum manual de “etiqueta” para o convívio Condominial? A resposta pode ser ambígua, mas o que estabelece essa etiqueta é o bom senso. Algumas regras do Condomínio podem ajudar bastante […]

0

Assembleia Dia a dia

17/01/2020

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção do Condomínio? Para ficar claro, ela funciona como se fosse a Constituição do local. A Convenção reúne as normas básicas para orientar um convívio social harmonioso bem como as regras de administração Condominial. É um documento que orienta como será a gestão do(a) Síndico(a) e organiza a vida […]

0

Dia a dia Segurança Condominal

14/01/2020

Segurança do Condomínio: Dicas para a portaria

A segurança é fator fundamental em qualquer lugar. O mesmo vale para o Condomínio. E nesse espaço onde vive muita gente, a chave para manter um ambiente seguro pode estar logo na entrada: a portaria. É por ali que entram e saem todos que têm acesso ao local. Moradores(as), funcionários(as), prestadores de serviço, etc. Mas […]

0

Conflitos +

4 semanas atrás

Manual de etiqueta para bom convívio ...

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem....

Assembleia +

1 mês atrás

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção...

Dia a dia +

1 mês atrás

Segurança do Condomínio: Dicas para a...

A segurança é fator fundamental em qualquer...

Comentários