-

+

Cuidados com o elevador do Condomínio

Equipamento que facilita o dia a dia de muitas pessoas, o elevador é um transporte muito útil. Mas para que ele mantenha suas funcionalidades e ofereça segurança aos usuários, é preciso estabelecer algumas regras e observar as recomendações do fabricante. Atender às especificações pode evitar acidentes fatais.

Além da manutenção periódica e dos reparos quando necessários, o bom funcionamento do elevador está relacionado a outros fatores. E no artigo de hoje trouxemos alguns deles que devem ser observados pelos(as) Síndicos(as) e Moradores(as) do Condomínio.

Limite de peso

 

Utilizar o elevador com uma carga que ultrapasse o seu limite de peso pode colocar os usuários em risco e prejudicar o desempenho do equipamento, gerando despesas com a manutenção. Todos elevadores possuem uma placa na qual está indicada a capacidade máxima do aparelho por número de pessoas e o equivalente em quilos.

De acordo com as normas da fabricação de elevadores no Brasil, cada passageiro tem em média 75 quilos. Então um equipamento que tenha a capacidade avaliada para 8 pessoas, terá seu limite de peso em 600 quilos.

Proteger a cabine

 

Quando em mudanças, ou na necessidade de transportar itens grandes e pesados, é preciso avaliar as medidas e o peso de cada objeto, para que não comprometa o funcionamento do elevador. Quando o equipamento for apto para este tipo de transporte, é importante ter uma proteção acolchoada dentro da cabine para evitar danos, batidas, riscos ou espelhos quebrados. É uma maneira simples e eficiente de manter o patrimônio do Condomínio e evitar gastos desnecessários.

Sem água na limpeza

 

O elevador é um equipamento que é alimentado por energia. Portanto ele é repleto de componentes elétricos e eletrônicos que podem parar de funcionar, ou mesmo causar acidentes, quando em contato com a água. Então os profissionais de limpeza do Condomínio devem ser treinados para não utilizar água no procedimento. O ideal é ter somente um pano úmido a mão, impedindo que escorra água e afete a casa de máquinas, cause infiltrações ou danos aos equipamentos.

Caso entre água no elevador, é necessário acionar a assistência técnica e também desligar a chave geral de energia. Vale Lembrar que os(as) Moradores(as) devem tomar cuidado ao transportar no elevador objetos que armazenem líquidos.

Não é lugar para brincar

 

Uma tentação para as crianças, um gasto extra para o Condomínio. As crianças precisam entender que o elevador é um aparelho de transporte, e que não deve ser utilizado para brincadeiras. Elas costumam brincar apertando vários botões no painel, o que faz o equipamento trabalhar em vão, gerando uma despesa extra ao orçamento com o gasto excessivo de energia.

Nunca forçar a porta

 

Responsável pelo maior número de chamados da assistência técnica, a porta do elevador não deve ser forçada de maneira alguma. Por serem automáticas e funcionarem a partir de sensores, as portas de elevadores só abrem quando a cabine está alinhada a algum andar. De outra forma, não adianta forçar que ela não abrirá. Em elevadores mais antigos, sem portas automáticas, é preciso estar sempre atento e verificar se o elevador está no andar antes de entrar.

Animais de estimação

 

Eles fazem parte da vida de muitas famílias. Os animais de estimação, principalmente os cães e gatos, não ficam mais restritos ao ambiente doméstico. Os donos os levam para passeios em espaços públicos, e para quem mora em Condomínio, é comum conviver com os pets em regiões de acesso aos elevadores. Como não existem leis específicas que visam o transporte correto dos animais no equipamento, é importante carregar o pet no colo, evitando que ocorram imprevistos com os(as) demais Moradores(as) e também garantido que os bichinhos não fiquem presos na porta.

Resgate seguro

 

Quando um(a) Morador(a), ou qualquer outra pessoa, fica presa no elevador, é preciso acionar a assistência técnica para fazer a manutenção e o resgate seguro. O recomendado é que o zelador possa estar em contato com a pessoa presa no intuito de tranquilizá-la, via interfone, enquanto a equipe faz seu trabalho. Após o resgate, caso o elevador apresente peças com desgaste, é o momento de substituí-las ou efetuar uma manutenção corretiva.

Papel do Condomínio

 

O(a) Síndico(a) deve estimular a utilização correta do elevador, afixando na própria cabina as dicas de uso e recomendações do fabricante ou serviço de manutenção do aparelho. Também é preciso verificar com frequência se tudo está funcionando corretamente, ou se o elevador está apresentando alguma alteração.

Se o aparelho estiver parando com desnível nos andares ou andando com a porta aberta, é preciso que seja imediatamente desligado e que a empresa de manutenção seja acionada.

Não deve ser permitido o acesso de Moradores(as) ou estranhos à casa das máquinas. Este espaço deve ser inspecionado com frequência, mas fora desta ação, deve estar trancado e com boa ventilação. Nele só devem entrar a pessoas autorizadas.

O espaço também não deve ser utilizado como almoxarifado. É fundamental que o(a) Síndico(a) conscientize os(as) Moradores(as) quanto aos riscos de acidentes causados pelo seu uso indevido, como forçar a porta, balançar, pular,etc.

Posts relacionados

Conflitos Dia a dia

29/01/2020

Manual de etiqueta para bom convívio no Condomínio

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem. Porém, é o tipo de coisa que poderia ser evitada com algumas simples atitudes. Mas será que existe algum manual de “etiqueta” para o convívio Condominial? A resposta pode ser ambígua, mas o que estabelece essa etiqueta é o bom senso. Algumas regras do Condomínio podem ajudar bastante […]

0

Assembleia Dia a dia

17/01/2020

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção do Condomínio? Para ficar claro, ela funciona como se fosse a Constituição do local. A Convenção reúne as normas básicas para orientar um convívio social harmonioso bem como as regras de administração Condominial. É um documento que orienta como será a gestão do(a) Síndico(a) e organiza a vida […]

0

Dia a dia Segurança Condominal

14/01/2020

Segurança do Condomínio: Dicas para a portaria

A segurança é fator fundamental em qualquer lugar. O mesmo vale para o Condomínio. E nesse espaço onde vive muita gente, a chave para manter um ambiente seguro pode estar logo na entrada: a portaria. É por ali que entram e saem todos que têm acesso ao local. Moradores(as), funcionários(as), prestadores de serviço, etc. Mas […]

0

Conflitos

8 meses atrás

Manual de etiqueta para bom convívio ...

Conflitos entre Moradores(as) no Condomínio frequentemente acontecem....

Assembleia

8 meses atrás

O que é a Convenção do Condomínio?

Você sabe o que é a Convenção...

Dia a dia

8 meses atrás

Segurança do Condomínio: Dicas para a...

A segurança é fator fundamental em qualquer...

Comentários