-

+

Previsão orçamentária.

Previsão orçamentária: o coração da Gestão Condominial

Uma das tarefas mais importantes na atuação de qualquer Síndico(a) diz respeito à previsão orçamentária. Afinal, a previsão orçamentária permitirá que a Gestão do Condomínio planeje os custos e despesas ao longo do ano. Dessa forma, é possível garantir a saúde do caixa Condominial, sem ter que recorrer a um rateio extra ou financiamento.

Além de preparar a previsão orçamentária, é obrigação do(a) Síndico(a) apresentá-la aos(as) Condôminos(as). Isso acontece por meio de assembleia geral, normalmente convocada no final ou no início do ano. (Veja aqui detalhes sobre assembleia).

Importância da previsão orçamentária

A previsão orçamentária exerce enorme importância na gestão das finanças de qualquer Condomínio. Ela influenciará diretamente na determinação da taxa Condominial. Isso porque identifica saídas e entradas de dinheiro, o que pode fazer aumentar ou reduzir essa taxa para cada Condômino(a).

Por ter grande importância, a previsão deve ser feita com muito cuidado e, para isso, é preciso que o(a) Síndico(a) conte com o auxílio do conselho fiscal e da administradora do Condomínio.

O que contabilizar na previsão?

Uma previsão orçamentária eficiente e segura deve conter, em detalhes, alguns itens. A seguir, damos algumas orientações:

Custos gerais:

Gastos como luz, gás e água devem constar na previsão orçamentária. O cálculo deve ser baseado no gasto mensal para cada uma dessas contas que o Condomínio teve no ano anterior. Nesse item, fique de olho em sazonalidades e, se possível, insira uma margem para cobrir imprevistos.

Folha de pagamento:

Nesse item, deve-se calcular o valor investido na equipe de funcionários ou na empresa terceirizada que presta serviço ao Condomínio. Encargos, assim como férias, décimo terceiro salário e contribuições previdenciárias devem ser contemplados no cálculo. Caso o Condomínio trabalhe com terceirizadas, aqui deve-se englobar os valores de contrato.

Manutenção:

A previsão orçamentária deve contemplar os valores empregados na manutenção e conservação do Condomínio. Aqui, devem estar contidos os gastos com jardinagem, manutenção de elevadores, extintores, bombas de água, entre outros itens.

Materiais e outros gastos:

Esse item engloba materiais gerais necessários para o bom funcionamento do Condomínio. Uniformes, produtos de limpeza, insumos para os funcionários, além de custos administrativos. Aqui também entra um gasto muito importante para todos, que é o seguro da edificação.

Atenção para reajustes

É impossível traçar a previsão orçamentária sem embutir os reajustes normalmente aplicados ano após a ano. Além do reajuste salarial, muitos contratos sofrem alteração no valor, tendo como base de correção o IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado). Ao fazer a previsão, não esqueça de inserir essas atualizações de valores.

Com uma previsão orçamentária bem traçada e de acordo com a realidade do Condomínio, o(a) Síndico(a) poderá ter mais segurança para aprova-la em assembleia junto aos(as) Condôminos(as). Mais do que isso, poderá fazer uma gestão eficiente, garantindo a saúde financeira do Condomínio.

Para saber mais informações sobre Gestão e Administração Condominial, navegue mais em sindico.in.

Fazer anotação
x

Posts relacionados

Conflitos Dia a dia

27/01/2020

Regras para o uso do Salão de Festas no Condomínio

O salão de festas é um espaço de lazer que conquista muitos(as) Moradores(as). Seja para uma festa, celebração ou outras datas festivas, o local é o ambiente adequado para receber convidados. Compartilhado entre todos que vivem no local, costuma ser uma área bastante disputada. Principalmente pela necessidade de um lugar mais amplo para eventos. Por […]

0

Economia Gestão e liderança

24/01/2020

Por que é preciso declarar a RAIS do Condomínio

A RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) é uma obrigação de todos os empregadores que tiveram CNPJ ativo durante o ano de 2019, o que inclui Condomínios. Essa Relação Anual tem como objetivo o controle de atividades trabalhistas, elaboração de dados estatísticos e disponibilização de informações às entidades governamentais. A declaração deve ser realizada através […]

0

Dia a dia Gestão e liderança

20/01/2020

Para que serve a DIRF em Condomínios?

Nos Condomínios, fevereiro é um dos meses mais importantes para a regularização de documentos. É dia 28 de fevereiro o prazo final para a declaração da DIRF relativa aos gastos com pagamento de funcionários. A DIRF (Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte), é uma das obrigações tributárias que pessoas jurídicas precisam fazer todo […]

0

Conflitos

1 ano atrás

Regras para o uso do Salão de Festas ...

O salão de festas é um espaço...

Economia

1 ano atrás

Por que é preciso declarar a RAIS do ...

A RAIS (Relação Anual de Informações Sociais)...

Dia a dia

1 ano atrás

Para que serve a DIRF em Condomínios?

Nos Condomínios, fevereiro é um dos meses...

Comentários