-

+

Cuide da manutenção elétrica de seu Condomínio

No trabalho preventivo de instalações e equipamentos necessário dentro de um Condomínio, um ponto merece atenção especial: a manutenção elétrica. Além de reduzir riscos de acidentes e graves ocorrências, a manutenção elétrica evita desperdícios de energia, que pesam no bolso de todos(as) os(as) Condôminos(as).

Quando e como fazer o trabalho de manutenção elétrica? Quem deve fazer? Tire as principais dúvidas e siga algumas dicas que o Sindico.in deixa a seguir:

Quem é o(a) responsável pela manutenção elétrica?

Cabe ao(a) Síndico(a) do Condomínio a função de garantir a correta manutenção elétrica da edificação. Ele(a), inclusive, pode responder administrativa, civil e criminalmente caso aconteça algo em consequência da falta de manutenção.

Isso não significa que o(a) Síndico(a) deva realizar o trabalho. A manutenção elétrica deve ser conduzida por um profissional ou empresa especializada. Muitos Condomínios fazem contrato com empresas, já tendo definida a periodicidade de vistoria e manutenção.

Qual a periodicidade para a manutenção elétrica?

Para o trabalho de prevenção, é indicado que a manutenção elétrica seja realizada uma vez por ano. Claro, esse prazo pode ser menor, caso o Condomínio avalie necessidade em decorrência de instabilidades ou outros problemas elétricos.

Dicas de manutenção elétrica para Síndicos(as):

Conheça e esteja atualizado sobre o estado das instalações elétricas de seu Condomínio. Esse cuidado é fundamental no trabalho de manutenção.

– Em Condomínio mais antigo, pense na hipótese de uma reforma e modernização das instalações. Hoje, as unidades possuem mais equipamentos elétricos, o que demanda mais energia e maior capacidade para supri-la.

Não economize recursos. Jamais opte pelo mais barato. A escolha para cuidar da manutenção elétrica deve ser feita pela capacidade para realiza-la. Prefira profissionais ou empresas especializadas e experientes. Elas devem conhecer bem as normas que os Condomínios devem seguir e ter conhecimento para executar o serviço.

– Deixe as caixas de passagem bem organizadas, com fios devidamente identificados. Avalie frequentemente as condições de cada uma dessas caixas.

Conheça bem os locais por onde passam as fiações no Condomínio e evite que perfurações sejam realizadas próximas dessas regiões.

Envolva os(as) Condôminos(as) no trabalho de prevenção e na preocupação com a manutenção elétrica do Condomínio. Peça para que cada Condômino(a) esteja atento às instalações elétricas de sua unidade. Oriente para que observe mudanças bruscas no consumo de energia. Esse é um sinal que pode indicar algum problema ou desgaste na fiação.

Com essas dicas, você garantirá uma manutenção elétrica eficiente, com instalações em perfeito estado, minimizando riscos de falhas no oferecimento de energia ou ocorrências dentro do Condomínio.

Para saber mais sobre manutenção predial, acesse aqui.

Posts relacionados

Cobrança Economia

13/09/2019

Falhas que podem comprometer o orçamento do Condomínio

Uma gestão condominial transparente é um primeiro passo para evitar problemas no Condomínio. É claro que o desejo de todo(a) Síndico(a) é de que tudo transcorra perfeitamente, que as contas estejam em dia e os(as) Moradores(as) satisfeitos. A verdade é que são poucos(as) Síndicos(as) que possuem de fato experiência em gestão condominial. Essa condição muitas […]

0

Conflitos

11/09/2019

O Condomínio é responsável por roubos em áreas comuns?

O que pode ser feito quando ocorre um furto em áreas comuns do Condomínio? Aí está uma pergunta que preocupa muitos(as) Síndicos(as). A questão pode ser um tanto complicada de resolver, e além disso, gerar estresse e cobrança por parte dos(as) Moradores(as). A responsabilidade pela ordem do Condomínio é função do(a) Síndico(a). Mas mesmo que […]

0

Economia

10/09/2019

Prestação de contas no Condomínio: Como fazer?

Harmonia no Condomínio é o que todos(as) Moradores(as) querem. Da parte do Síndico, é possível fomentar este ambiente a partir de uma gestão transparente. A transparência pode vir da prestação de contas anual, já que é uma obrigatoriedade, como diz o Art. 1348, VIII, do Código Civil. Todas as movimentações financeiras da administração condominial precisam […]

0

Cobrança +

1 mês atrás

Falhas que podem comprometer o orçame...

Uma gestão condominial transparente é um primeiro...

Conflitos

1 mês atrás

O Condomínio é responsável por roubos...

O que pode ser feito quando ocorre...

Economia

1 mês atrás

Prestação de contas no Condomínio: Co...

Harmonia no Condomínio é o que todos(as)...

Comentários