-

+

Atribuições e desafios de um Síndico ou Síndica Profissional

A atividade de Síndico ou Síndica Profissional tem sido muito destacada no Brasil. O crescimento no número de Condomínios – somente na cidade de São Paulo, houve aumento de 15,8% na venda de imóveis entre abril de 2018 e março de 2019, de acordo com o Secovi-SP (veja pesquisa aqui) -, tem ampliado a demanda por Síndico ou Síndica Profissional. Outro fator de destaque é o aumento no índice de desemprego (veja notícia aqui). Sim, muitas pessoas acreditam que o trabalho de Síndico ou Síndica Profissional pode ser uma alternativa. Contudo, engana-se quem acha que o exercício dessa profissão é algo simples. Ela envolve atribuições e desafios. A seguir, destacamos os principais pontos dessa atividade profissional.

Entre as principais atribuições do(a) Síndico(a) Profissional está o cumprimento das obrigações legais do Condomínio. Para isso, alerta Josiane Bertuzzi, da Bertuzzi Gestão Patrimonial e com grande experiência como Síndica Profissional, “é preciso sempre respeitar a legislação e zelar pelo bem da edificação, assim como dos Condôminos.”

Deveres do(a) Síndico(a) Profissional

Além de cumprir a legislação, é dever de quem atua como Síndico(a) Profissional manter o prédio em harmonia, com a realização de manutenções preventivas. Elas evitam emergência e/ou prejuízo tanto para as instalações quanto para as pessoas que habitam ou que passam pelo Condomínio. “É, igualmente importante, manter um planejamento financeiro sustentável e que se adeque às necessidades do Condomínio”, destaca Josiane.

Esse, aliás, é um grande desafio de quem escolhe atuar profissionalmente como Síndico(a), como destaca Josiane. “A gestão de um Condomínio deve ser semelhante à gestão de uma empresa.”

A rotina para quem exerce essa atividade também envolve visitas constantes ao Condomínio e planejamento de todos os procedimentos de administração. Além disso, cabe ao(à) Síndico(a) Profissional realizar reuniões com fornecedores e prestadores de serviço. “O objetivo é manter-se atualizado(a) sobre as demandas e com um controle do que e quando tem que ser feito”, diz Josiane Bertuzzi.

Veja mais sobre responsabilidades do(a) Síndico(a) clicando aqui.

Para atuar, é preciso preparo

Para atuar como Síndico(a) Profissional é necessário estar preparado(a). Nesse sentido, um conjunto de habilidades e formações podem compor um bom time de administração Condominial. “Isso envolve diversas áreas, como engenharia, finanças, administração e assessoria jurídica. Como é difícil que uma única pessoa tenha todas essas habilidades, o ideal é que o Condomínio conte com uma equipe qualificada para realizar o planejamento necessário e exigido em cada edificação.”

Veja mais sobre qualidades de Síndico(a) aqui. Aproveite também para navegar em sindico.in e fique por dentro de todas as informações sobre Gestão e Administração Condominial.

Tags

Posts relacionados

Comentários