-

+

Manutenção predial, mais uma importante tarefa para o(a) Síndico(a)

Vazamentos, fissuras, rebocos comprometidos, descolamento de revestimentos. Tudo isso implica em questões sérias para o Condomínio e cabe ao (à) Síndico (a) tomar a dianteira na busca de soluções. Para isso, porém, é preciso ter noções básicas sobre manutenção predial. Saber prevenir, observar, diagnosticar rapidamente e contatar a pessoa indicada para resolver os problemas – corriqueiros ou de maior complexidade – formam o roteiro ideal desse assunto. Os detalhes deste caminho você lê a partir de agora.

“Esse é o roteiro fundamental para auxiliar Síndicos (as) na identificação dos problemas de forma preventiva, minimizando custos e até evitando acidentes indesejáveis”, explica o engenheiro Mário Nasi, diretor da Nasi Engenharia.

De acordo com o engenheiro, o roteiro deve ser sempre pautado pelo bom senso. “Ele acompanha o gestor em toda manutenção predial, já que ajuda bastante no trabalho de percepção de possíveis problemas, bem como na proatividade para resolvê-los”.

A responsabilidade do (a) Síndico (a) na manutenção

Como gestor do Condomínio, o (a) Síndico (a) tem papel importante na tomada de decisões, podendo ser penalizado judicialmente caso não cumpra o seu dever.

Mário Nasi faz o alerta: “pelo novo Código Civil Brasileiro, a responsabilidade do (a) Síndico (a) é muito grande, pois falhas, negligências e/ou omissões que porventura possam causar problemas aos Condôminos trará a ele (a) consequências, inclusive de ter de responder à Justiça nas esferas civil e até criminal”.

O engenheiro Nasi explica que as consequências pela falta na manutenção podem parar na Justiça porque “falhas de manutenções preventivas e necessárias causam a diminuição da vida útil dos equipamentos e afetam de forma direta o pleno desempenho das edificações, sob os aspectos de saúde, habitabilidade e segurança, podendo até levar ao colapso indesejável, colocando em risco vidas e bens materiais”.

Quem procura acha

A máxima de “quem procura acha” deve ser aplicada pelo (a) Síndico (a). A orientação de Nasi é que a vigilância frequente é o melhor caminho para evitar ou ao menos encontrar problemas ainda fáceis de serem administrados.

“É muito importante que o gestor preocupe-se constantemente em fazer inspeções visuais em todas as áreas internas e externas Condominiais. Esse cuidado ajuda na constatação de irregularidades para, a partir daí, buscar os profissionais certos que possam solucionar o problema na manutenção predial”, ressalta Nasi.

Identificou um problema de manutenção? Saiba como proceder

Não tem segredo: o primeiro passo é contatar um engenheiro. “Recomendamos que os (as) Síndicos (as), sempre que se depararem com indicadores de possíveis problemas de manutenção, imediatamente façam contato com um profissional da engenharia. Esse é o profissional capacitado para identificar, diagnosticar e recomendar os procedimentos técnicos de correção”, afirma Nasi.

Para isso, é essencial que o engenheiro contatado seja devidamente registrado no CREA, órgão que regula essa atividade profissional, e que o mesmo realize todo e qualquer procedimento seguindo as respectivas normas técnicas e exigências da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Como os (as) Síndicos (as) devem se preparar?

A função de Síndico (a) requer habilidades para resolver problemas dos mais variados tipos, mediar conflitos e gerenciar as contas do Condomínio. Por isso, é importante desenvolver noções de administração, gestão de pessoas, contabilidade, direito civil/criminal, engenharia de manutenção e até psicologia.

Mas, não há motivo para desespero! É possível adquirir tais conhecimentos por meio de cursos, palestras e seminários. “O (a) Síndico (a) deve preparar-se de forma profissional antes de assumir compromissos e responsabilidades de gestão”, atesta Mário Nasi.

O que o (a) Síndico (a) deve saber sobre manutenção predial:

– Procure inspecionar com frequência as áreas internas e externas do Condomínio;

– Não demore! Assim que identificar um problema, contate um engenheiro. Ele deve estar registrado junto ao CREA e proceder de acordo com as normas da ABNT;

– Adquira conhecimentos sobre a manutenção de edifícios por meio de cursos, palestras e seminários;

– Use sempre o bom senso para avaliar os possíveis problemas e buscar as soluções;

– Não seja omisso nem negligente: você poderá responder judicialmente caso ocorram problemas.

 

Posts relacionados

condomínio Economia Gestão e liderança síndico

10/09/2019

Prestação de contas no Condomínio: Como fazer?

Harmonia no Condomínio é o que todos(as) Moradores(as) querem. Da parte do Síndico, é possível fomentar este ambiente a partir de uma gestão transparente. A transparência pode vir da prestação de contas anual, já que é uma obrigatoriedade, como diz o Art. 1348, VIII, do Código Civil. Todas as movimentações financeiras da administração condominial precisam […]

0

Assembleia Cobrança condomínio Economia

02/09/2019

Atitudes que podem reduzir 30% dos gastos do Condomínio

Ser o(a) Síndico(a) é tarefa que exige muita determinação e empenho. Pois além de ser o responsável por atender aos anseios dos(as) Moradores(as), é a pessoa que administra as finanças do Condomínio. Atualmente o que todo mundo quer é economizar. Principalmente num momento de instabilidade econômica e altos índices de desemprego. O mesmo acontece no […]

0

Cobrança condomínio Economia síndico

22/08/2019

PDCA para controlar os gastos no Condomínio

Considerado uma ferramenta certeira na solução de problemas, o ciclo PDCA é uma metodologia de gerenciamento que permite uma melhora contínua na gestão. Costuma ser utilizado dentro de uma estratégia de gestão de erros, focado na causa e não apenas nas consequências de um problema. A metodologia é capaz de criar um controle mais eficiente, […]

0

condomínio +

2 semanas atrás

Prestação de contas no Condomínio: Co...

Harmonia no Condomínio é o que todos(as)...

Assembleia +

3 semanas atrás

Atitudes que podem reduzir 30% dos ga...

Ser o(a) Síndico(a) é tarefa que exige...

Cobrança +

4 semanas atrás

PDCA para controlar os gastos no Cond...

Considerado uma ferramenta certeira na solução de...

Comentários